• Otoflix

Anatomia do Nervo Facial

O nervo facial é um par craniano (VII NC) com uma anatomia complexa e o nervo com maior trajeto intraósseo. Ele possui seis segmentos: 1. Intracraniano é a diminuta porção que emerge do tronco encefálico; 2. Intracanalicular, segmento que corre o interior do canal auditivo interno; 3. Labiríntico, parte que percorre entre a cóclea e o vestíbulo; 4. Timpânico, situado na parede medial da caixa timpânica, entre o estribo e o CSL; 5. Mastóideo, maior segmento do nervo localizado profundamente a parede posterior do MAE; 6. Extratemporal, após saída do osso temporal, pelo forame estilomastóideo, ele adentra a glândula parótida e se divide em 5 ramos: temporal, zigomático, bucal, marginal mandibular e cervical.



O facial faz duas curvas durante sua trajetória no osso temporal, que são chamadas de joelhos: a primeira, entre a porção labiríntica e a timpânica é conhecida como gânglio geniculado, pois possui uma curvatura brusca (o nervo praticamente “vai e volta”); a segunda, entre o segmento timpânico e o mastoide, não tem um nome especial, conhecida somente como segundo joelho.


O nervo facial também emite alguns ramos intratemporais: o nervo petroso superficial maior, que emerge do gânglio geniculado e inerva as glândulas lacrimais (função parassimpática – estimula produção de lágrima); nervo estapédio (inerva o m. estapédio) e nervo corda do tímpano (inerva o terço anterior da língua e tem função gustatória), que emergem da porção mastoidea.


O canal de falópio é o canal ósseo que protege o nervo facial em seu trajeto intratemporal, portanto, nos segmentos labiríntico, timpânico e mastoideo. Este é o canal alvo das descompressões cirúrgicas do nervo facial.


#nervofacial #otologia

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo